Sign up with your email address to be the first to know about new products, VIP offers, blog features & more.

“Viajar é preciso”.

Ao fazer as malas e encarar o novo pela primeira vez, percebi que não queria apenas viajar, mas viver na estrada; que não queria apenas conhecer outras culturas; mas fazer parte de cada esfera do mundo; que não queria só pisar em outras terras, mas me sentir pertencente a todos os lugares. Mesmo que fazer parte de tudo signifique não fazer parte de nada por muito tempo. É que a vida do viajante segue em frente, sempre em busca de novos destinos, novos lugares, novas pessoas. Não importa o quanto eu tenha amado conhecer uma cidade, um país e dizer que voltarei logo. O mundo é grande demais, dá voltas demais. E há sempre outro lugar incrível para conhecer antes que eu consiga dar a volta ao globo e voltar a um local que mexeu comigo. Talvez essa seja a maior angústia de quem ama viajar: a vida parece ser curta para tantos lugares interessantes. Seria preciso duas, três, quatro encarnações para completar aquele checklist de viagem que escrevi. Uma lista que nunca para de crescer. Viajar é uma chance de conhecer o mundo e a mim mesmo de uma só vez.
Acredite, quando eu saio de casa e coloco os pés na estrada, é impossível saber como irei voltar – e é bem provável que volte outra pessoa, alguém diferente daquela que aceitou encarar o mundo.

“Viajar é Preciso”
Ver novos horizontes…ter novas idéias…conhecer novas culturas….novos lugares… aprender…registrar caminhar…..navegar….e voar…..sim é preciso!!! é saudável para o corpo, para alma, para o coração!!!
”A vida é o que fazemos dela. As viagens são os viajantes. O que vemos, não é o que vemos, senão o que somos.” (Fernando Pessoa)

No Comments Yet.

What do you think?

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *